16 de setembro de 2020

Google contrata novo conselho geral enquanto empresa enfrenta escrutínio antitruste

O Google disse na terça-feira que nomeou Halimah DeLaine Prado, um membro de longa data da equipe jurídica do gigante das buscas, para ser seu novo conselheiro geral, uma medida que ocorre no momento em que a empresa enfrenta uma litania de pressões legais. 

O Google, junto com outros gigantes da tecnologia no Vale do Silício, está sob intenso escrutínio antitruste de autoridades estaduais e federais. O Departamento de Justiça dos EUA está investigando o Google por supostas práticas anticompetitivas e deve abrir um processo judicial histórico contra a empresa. Enquanto isso, procuradores-gerais estaduais têm investigado a operação de anúncios digitais da empresa.

No mês passado, o CEO do Google, Sundar Pichai, se juntou aos CEOs da Apple, Facebook e Amazon em uma audiência de alto nível no Congresso sobre antitruste, onde os líderes foram interrogados por legisladores sobre seu domínio do mercado, políticas de privacidade e posições sobre como trabalhar com os militares. 

À medida que as batalhas jurídicas da empresa se aproximam, DeLaine Prado está assumindo as operações jurídicas do dia-a-dia do Google de seu consultor jurídico anterior, Kent Walker. Dois anos atrás, Walker foi promovido a vice-presidente sênior de assuntos globais da empresa, uma função mais ampla e voltada para o público, embora ainda mantivesse as funções de seu antigo emprego. DeLaine Prado se reportará a Walker. 

“Ela é excepcionalmente qualificada para liderar o Departamento Jurídico neste momento crítico e estou ansioso para trabalhar com ela ao entrarmos neste próximo capítulo”, disse Walker em um comunicado. 

DeLaine Prado ingressou no Google em 2006. Mais recentemente, ela foi vice-presidente jurídico do Google, onde gerenciou equipes focadas em produtos, incluindo pesquisa, anúncios, nuvem e YouTube, propriedade do Google. 

 

Show Buttons
Hide Buttons