16 de setembro de 2020

Ram 1500 e Jeep Grand Cherokee diesel enfrentam recall sobre risco de estol

A Fiat Chrysler Automobiles está voluntariamente relembrando exemplos selecionados de sua picape Ram 1500 de 2014-2016 e Jeep Grand Cherokee SUV 2014-2016 devido a um possível problema de perda de motor. O recall , que afeta 58.016 caminhões e SUVs com motores EcoDiesel de 3,0 litros da empresa, está centrado em um sensor de posição da manivela.

De acordo com a National Highway Traffic Safety Administration , a roda de tom do sensor de posição da manivela EcoDiesel projetada pela VM Motori – às vezes conhecida como anel relocutor – pode delaminar. Isso é uma má notícia, pois a peça ajuda a sincronizar os pulsos do injetor de combustível do motor e a sincronização do eixo de comando, que são continuamente otimizados para a máxima eficiência. Se este hardware delaminar, o motor pode parar, causando um risco à segurança.

A solução da FCA para o problema aparentemente não envolve a substituição da roda de tom do sensor de posição da manivela, que pode ser difícil de acessar. Em vez disso, a montadora está instruindo técnicos autorizados de Ram e Jeep para atualizar o módulo de controle do trem de força do EcoDiesel, forçando o trem de força a “manter a propulsão do veículo lendo o sinal de posição do eixo de comando no caso de o sinal de posição do virabrequim ser perdido.” 

Não está imediatamente claro se este patch de firmware, executado gratuitamente, impedirá a capacidade do motor de detectar falhas de ignição (outra função importante do sensor de posição da manivela) ou alterará o desempenho do motor.

Nenhum acidente ou ferimento resultante deste defeito potencial é detalhado no anúncio oficial de recall da NHTSA .

Os proprietários de Ram e Jeep afetados serão notificados pela montadora, com a campanha de recall programada para começar em 2 de outubro.

 

Show Buttons
Hide Buttons